MÉDICOS ENCONTRARAM PEDRA DE 12 CENTÍMETROS NA BEXIGA DE PACIENTE
 

  

Um homem americano de 64 anos teve uma pedra de 12 centímetros removida de sua bexiga. O objeto de 770 gramas foi comparado com um ovo de avestruz, já que tem pouco menos do seu tamanho (esses ovos podem chegar a 15 centímetros e 1,5 quilos).

As pedras na bexiga, que não devem ser confundidas com cálculos renais, geralmente são causadas pela inflamação da bexiga. Isso ocorre quando o corpo está desidratado ou a urina está muito concentrada, fazendo com que ela forme cristais na bexiga, que podem acumular ao longo do tempo e criar uma pedra cada vez maior.

Em estudo publicado no periódico The New England Journal of Medicine, os médicos explicam objetos desse tamanho não são muito comuns. Pessoas que tiveram a bexiga retirada e substituída tendem a ter mais problemas, já que as “neobexigas” permitem que a pedra cresça consideravelmente antes de apresentar sintomas.

Esse foi o caso do homem de 64 anos, pois teve câncer no órgão há 10 anos e teve de substituí-lo. O paciente, contudo, não é a recordista. A maior pedra na bexiga já encontrada estava em um paciente brasileiro, que entrou para o livro dos recordes após ter o objeto de 18 centímetros removido.

Galileu